Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NU

Estou totalmente só.
Escondido nos meandros da emoção.
Flagelado. Nu.

As roupas, deixei-as cair pelas ruelas.
Amordaçavam.
Aprisionavam.
Tirei-as. Tiraram-nas.

O perfume que me impregnava era doce.
Selvagem. Rascante.
Deixei-o no ar.
Nos lençóis.
Nos beijos. Nos abraços.
Nos corpos perdidos a buscar:
prazer, dor, amor.

Onde estou?
Ao certo, não sei.

Mas, a chuva cai.
Cai Forte.
Brava. Furiosa.
E lava a minha alma.
E lava a minha terra.
E lava todo o meu corpo cansado e despido.
Para, depois,
ele, no chão, repousar.
Edilmar Amaral
Enviado por Edilmar Amaral em 22/10/2007
Código do texto: T705180

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilmar Amaral
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
326 textos (4362 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 23:08)
Edilmar Amaral