Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAOS HUMANO

CAOS HUMANO

Corpos mutilados
Parecendo um nada a margem da vida

Queria poder entender que o “complexo”
Depende muito mais de nós do que de um mediador algoz
Afinal, a desgraça não tem mandantes e nem rostos sãos

Agora quero falar e não consigo
Instalou-se um imenso vazio em mim

Não há poesia dentro de mim
Não há motivos para festejar
O segundo engoliu o momento
Reduziu minhas expectativas de mundo






Elvira Pereira de Araújo
Enviado por Elvira Pereira de Araújo em 23/10/2007
Código do texto: T706329

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Elvira Pereira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elvira Pereira de Araújo
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 53 anos
65 textos (4303 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 17:41)