Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Retrospectiva

Retrospectiva

Meus versos
nasceram cedo,
Mas minha poesia
foi pobre...
Meu suo
deu-me alma nobre
como o âmago
de um rochedo...

Andei sobre ombros
Fortes…
Colhi em mentes,
brilhantes...
Li Platão,  Aristóteles…
Busquei Deus
a cada instante...

Quando pude,
fui ao topo,
e amei a vida,
lá em cima...
Desci à profundeza do poço,
Onde, só Deus,
nos anima...

Resgatou-me,
uma teologia grega,
Sob ordem de um deus desconhecido...
Um Deus,
que nuca nos diz chega...
E,  Ante o qual,
tudo é permitido...


Fui carregado
nos braços,
por amigos e parentes...
Trabalhei sego
ao Cansaço,
e amei toda essa gente...

A dor
refinou minha alma,
por reencarnações seguidas...
A paixão
roubou-me a calma…
O amor, trouxe-me a vida...

A retrospectiva
do meu passado,
aponta-me, como e  aonde vou...
Encarnarei um eterno
apaixonado…
Mas minha eternidade,
é o amor...
Jacó Filho
Enviado por Jacó Filho em 24/10/2007
Código do texto: T708127
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jacó Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
3486 textos (294346 leituras)
1 e-livros (294 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 08:21)
Jacó Filho