Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Sina do Poeta


A Sina do Poeta

Foi pensando em você
Que cheguei a me perder.
Quase fui lhe procurar, para dizer!
O poeta fala assim, você tem que entender

Foi tentando não lhe amar!
Que eu mais amei você.
Foi lhe tendo nos sonhos das minhas noites...
Você precisa me entender.

Sua boca tem mel,
Que só minha boca pode ter.
Você é inspiração, eu sou apenas poeta
Por favor, procure compreender

Por isso quando lhe conheci,
Fiz de tudo para esquecer
Mas esqueço só de mim, poeta é assim
Você vai ter que entender

Que a musa do poeta, é seu grande esplendor
Sem ela como o poeta fazer,
Seus sonhos, fantasias, romances de ilusão!
Sei que vai me entender...
BARRET
Enviado por BARRET em 24/10/2007
Código do texto: T708570
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BARRET
Salvador - Bahia - Brasil
798 textos (72333 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 23:48)
BARRET