Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A cena do dia

Ontem mesmo eu vi a cena
e não podia ser mais chocante.
Um homem morto na calçada
atrapalhando o transeunte.

E aquela gente tão com pressa
nem notava o pobre deitado
com o olhar fixo em cada perna
que passava ao seu lado.

Coisa triste o ser humano
não importa-se mais com nada
nem com a marca do rodado
no pescoço do já sem vida.

O moço não tinha mais de trinta
era negro e pobre o coitado.
Mas quem é que hoje em dia
liga pr'um tipo desses atirado.

É por isso que a coisa anda
bem pra trás e acelerado.
Qualquer dia nem mamãe nota
se eu morrer atropelado.
Zé Urbano
Enviado por Zé Urbano em 25/10/2007
Código do texto: T709713

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Urbano
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 50 anos
105 textos (3271 leituras)
17 áudios (4413 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 15:14)
Zé Urbano