Poema 0183 - Seu jeito

Adoro seu feitiço,

o úmido sedento,

os cheiros,

tudo que enlouquece.

Nas palavras que mal entendo,

diz que ama,

não respondo,

provoco mais um pouco.

Suas mãos tímidas,

logo me excitam,

quando o corpo grita,

atrevidas passeiam como loucas.

Gosto do beijo,

da língua,

da doçura que escorre

quando deslizo entre seus dentes.

Gosto do seu ritmo,

o corpo à minha procura,

diz não e foge,

volta e faz amor.

Preciso desses sonhos,

da calma,

dos gritos de te amo,

quero-a minha... e alma.

23/03/2005

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 20/03/2005
Código do texto: T7110
Classificação de conteúdo: seguro