Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chovia lá fora

A chuva caía lá fora,
O menino não iria brincar
No quintal ou na rua passear
Por causa da água que molhava sem parar.

Havia o medo de adoecer
E da sua mãe desobedecer,
Visto que dependia dela
Até ele crescer.

Mas ele já crescera,
E não vira.
Tornara-se homem, engrandecera,
Porém não saía.

O barulho das gotas caindo
Sufocavam sua vontade
De deixar naquela tarde
Aquela casa onde sua mãe o deixava dormindo.

Mas um dia ele ficou doente
E teve de ir lá fora.
Chovia contínua e fortemente,
Mas ele temia a demora.

Lá fora procurou e encontrou a cura:
O trabalho árduo nas tardes duras
Curaram sua alma da solidão insegura
Em que sua mãe insistira em guardar sua amargura.
Ulisses de Maio
Enviado por Ulisses de Maio em 27/10/2007
Reeditado em 21/06/2008
Código do texto: T711941

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ulisses de Maio
Fortaleza - Ceará - Brasil, 30 anos
1248 textos (16559 leituras)
21 áudios (172 audições)
16 e-livros (109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 17:26)
Ulisses de Maio