Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRADUÇÂO



Olho na janela,
Busco uma saída,
Grito um bom dia,
Aceito a partida;
Sofro quando tenho,
Riu quando posso,
Pego o pensamento,
E o lápis roço;
Roço no papel,
Depois roço a tela,
Quero tranformá-lo,
numa aquarela;
Quero que me vejam,
Vejam como eu sou,
Como sou por dentro,
E como eu estou;
Quero neste traço,
nestas letras minhas,
Passar um jardim,
sem ervas danhinhas;
Quero me saldar,
Saldar os amigos,
quero integridade,
Honrar o que digo;
E desta janela,
Posso ver em parte,
Todo meu desejo,
traduzir-se em arte.
Fernanda Valencise
Enviado por Fernanda Valencise em 28/10/2007
Código do texto: T713135

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Fernanda Valencise). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Valencise
Recife - Pernambuco - Brasil, 39 anos
100 textos (3030 leituras)
3 áudios (77 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 19:05)
Fernanda Valencise