Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Incêndio de poemas

juntei todos os poemas de amor
num só volume
como se fosse um caderno ou livro
pendurei-o numa árvore
como se fosse forca
e o flechei sem dó
sangrou tanto e esgoelou por horas
mas não se calou
logo radicalizei
o embebi de gasolina e ateei fogo
não sobrou cinza
nem do livro nem de mim
agora somos a mesma coisa
poeira no vento
por aí.

.....
REFERÊNCIA:
http://poemasprimordiais.blogspot.com/2007/06/grapefruit-de-yoko-ono.html

Célio Pires de Araujo
Enviado por Célio Pires de Araujo em 29/10/2007
Reeditado em 29/10/2007
Código do texto: T714466

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Célio Pires de Araujo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Célio Pires de Araujo
São Paulo - São Paulo - Brasil
1144 textos (34045 leituras)
2 e-livros (236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 04:39)