Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Letras

Letras  bêbadas presas no papel,
mal são compreendidas, mas têm muito a dizer!
Letras mudas gritantes na pena,
querem ser ouvidas, lutam para serem escutadas...
muitas vezes são vitimas do seu próprio eco!
Letras bailarinas na ponta do lápis,
damas de companhia da brutalidade, amigas da falsidade...
Muitas vezes traidoras, outras aliadas!
Letras montanhosas viajantes no tinteiro,
tão grandes e desiguais quanto o seu relevo...
refletem uma sociedade que ironiza a arte da poesia
referindo-se a ela como coisa de desocupados!
Verônica dos Santos
Enviado por Verônica dos Santos em 30/10/2007
Código do texto: T715982


Comentários

Sobre a autora
Verônica dos Santos
Uberaba - Minas Gerais - Brasil, 33 anos
346 textos (27982 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/03/21 04:47)
Verônica dos Santos