Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sinto-o Assim Tão em Mim!

Sinto-o assim tão em mim!
Aquecido meu corpo num calor sem fim
O sabor do hálito, doce alecrim;
Sem esquecer teu cheiro, cravo carmim.

Vejo-te inerte, estátua marfim;
Meu talismã, protetor, querubim;
Trazendo-o sempre voltado pra mim.

Sinto-o em meus devaneios assim, assim!
E ao saciares anseios e o desnorteio enfim
É o homem dos meus dias, por fim.


14/11/05
LuliCoutinho
Enviado por LuliCoutinho em 14/11/2005
Reeditado em 17/01/2006
Código do texto: T71641
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
LuliCoutinho
São Paulo - São Paulo - Brasil
857 textos (160176 leituras)
2 áudios (434 audições)
7 e-livros (1323 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 04:31)
LuliCoutinho