Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"À Espera do Apocalipse"


“O meu tormento é muito real
  não só pelo mundo absurdo que convivo
  mas sim com as serpentes que cruzam o meu caminho
  e com esta maré que engole todo o meu ser
  pensando em estar num vazio e num maremoto sem fim.
  Qual o objetivo de seguir em frente?
   Se a areia movediça entope a minha cabeça
   me empurrando e sacrificando cada vez mais para baixo.
   Quem sou eu?
   Um exterminador, um pecador sem alma.
   Meu coração está em prantos, batendo acelerado
   como se estivesse correndo ao encontro do Apocalipse,
   sem nenhuma perspectiva
   apenas esperando este dia chegar
   para que o planeta esteja de vez num mar revolto”
Diego César
Enviado por Diego César em 31/10/2007
Código do texto: T717966

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego César
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 32 anos
50 textos (2284 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 12:21)
Diego César