Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta Ser!

Ânforas para destilar & refinar
Chanfros na ordem, alguns resgates,
Monte Parnaso na corda bamba,
Ecos vindos de dentro, borbulhas,
Dardânico resfolega a brisa do Cáucaso,
Mantras oriundos daquele feudo oriental,
Sobre a dárnua que a esfinge abarca,
Toma pela dársana o braço da noite,

Cânforas para revisar & atentar
Endros partilhem, luz & embustes,
Becos findos no centro, fagulhas,
Mar do Sargaço na horda branda,
Macedônico pelo vermelho mar o ocaso,
Lontras & lupinos sobre o teuto ocidental,
Cobre a Pádua que cinge da marca,
Tema pelas saturnais que laço beije...

Da janela que se espera...

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 02/11/2007
Código do texto: T719894
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 58 anos
3231 textos (120531 leituras)
1 e-livros (243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 23:52)
Peixão