Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EXILADO

exilado em minha
própria terra
adoço o anonimato
destas paragens

escolhida sião
ilumina a busca
de uma companhia outra
que não se ofusca

o ser por dentro
traduz a solidária natureza
da alma luminúrias
calo o choro nas entranhas

choro ruminando coro
alegria renovada além
do corpo seus segredos
numa não-sonhada salém



Elias Paz e Silva
Enviado por Elias Paz e Silva em 02/11/2007
Reeditado em 29/06/2010
Código do texto: T720435
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Elias Paz e Silva
Teresina - Piauí - Brasil, 54 anos
491 textos (6954 leituras)
7 áudios (283 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 15:42)
Elias Paz e Silva