Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A SUA AUSÊNCIA!
*************************

Vicissitudinário dia!

Finda a clareza do tema que eu temia por conhecê-lo em demasia!

Apenas a rua para conduzir os passos!

Sei que ela não me conduz, mas não vivo sem a sua existência!...

Estreita noite que surge iluminada pela falta de lua!

A constelação aflora omitindo os pingos, quase frios, de um gelado choro de mundo!

 Sinto saber sobre a teima que conspira um verso urgindo a feitura da vida, dessa que me inspira e entranha no ar do fim do findo dia! 

Amoro-me entre adendos, 
entremeado aos cacos de lembranças reunidas com os olhos latejantes, lamuriando a sua ausência tão presente e que tanta tristeza me ressente a alma!


©Balsa Melo

22.02.06

Cabedelo - PB

BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 02/11/2007
Código do texto: T720861
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87929 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 18:17)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)