Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Silenciar Em Mim

Não falo do meu silêncio.
Esse quase nem vejo.
Nem sinto.
Não sei calar por muito tempo.

Falo do silêncio do outro.
Esse é que me mata.
Mata por dentro.
Minha alma, meu espírito.
Está aos poucos destruindo tudo
dentro de mim.

Tira-me a confiança,
a esperança,
a coragem de continuar,
de viver, de amar.

É desse silêncio que falo.
Do silêncio que não consigo,
por mais que tente, compreender.

E talvez o que ele diz de verdade
eu não queira escutar.
Não quero escutar.
Se escutar morro de verdade.

E não quero morrer.
Por outro lado
queria esquecer...
Vai entender
essa confusão de sentimentos.

Não sei como posso ser assim.
Tão enrolada, cheia de nós.
Tão louca, dentro de mim.

Talvez por isso tudo esteja desse jeito.
Em tempestade interior constante.
Já reparou que só vivo assim?
Só chove sobre mim, como diz a música...

Isso não é vida.
Só no molhado...
Uma vida só de esperar,
esperar, esperar.
Esperar o quê????
Me fale... Esperar o quê????
O sol chegar?

Meu Deus, me fale,
o que estou esperando???
É óbvio que o silêncio guarda palavras,
é prudente, permite refletir,
abrandar os sentimentos.
Talvez é disso então que preciso.
 
Do silêncio, para pensar,
refletir, esquecer o que
não foi bom.
Mas tenho medo de silenciar
e perder a luz do sol para sempre.

No fundo, no fundo,
tenho sempre a esperança
de que a luz está aqui.
Às vezes acho
que sinto até seu cheiro.

Mas, tem razão o rio que
corre suas águas para o mar:
- Preciso buscar o equilíbrio.
Deixar o silêncio silenciar em mim.
Deixar o silêncio silenciar em mim
e falar o que não consigo mais dizer...
Maria
Enviado por Maria em 03/11/2007
Reeditado em 03/11/2007
Código do texto: T721566
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4824 textos (195012 leituras)
1 e-livros (121 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 06:32)
Maria

Site do Escritor