Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lírios do campo

a poesia nasce das pedras,
nasce do caos, nasce das trevas
da languidez das águas dos rios
do filho sem mãe, com frio
do fio cruel que a morte trama
nasce da luz, nasce da chama
nasce do aroma da vida
da pureza da margarida
das mãos que tateiam a lua
dos gatos em cio nas ruas
dos guetos que vomitam a lama
do coração frenético que ama
das crianças que brigam, brincam com a fome
dos poetas bastardos, inglórios,  sem nome
das borboletas efêmeras que bailam a valsa
das prostitutas  frígidas que gozam a salsa
da falsa felicidade que ofende
das fadas, feiticeiras, duendes
da nódoa que mancha a alma
do nódulo que mata a calma
a poesia nasce do encanto,
do descaso do ocaso do acaso
a poesia nasce
assim como nasce o lírio do campo.

Benvinda Palma
Bemtevi
Enviado por Bemtevi em 05/04/2021
Código do texto: T7224242
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Bemtevi
Londrina - Paraná - Brasil
3085 textos (235700 leituras)
1 áudios (73 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/05/21 19:12)
Bemtevi