Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR FINGIDO 

Solta-me, 
que amor é esse?
De onde vens!
Porque carregas tão nebulosa sombra?

Amor findo, amor ardil.
Amor fingido, amor perfídia.
Amor infinito que finge ser eterno, e ser amor.
mas que se fez ser desamor 
sem fazer durar juras de amor! 
Amor que o tempo acabou.

Amor... Amor...
Amor que não ama.
Amor que nunca amou.
Amor que o vento levou.
Ainda me pede que te ame e que te dê amor? 

É com amor que se ama.

SERRAOMANOEL - SLZ/MA - TRINIDAD - 04.11.2007
serraomanoel
Enviado por serraomanoel em 04/11/2007
Reeditado em 13/12/2008
Código do texto: T722597

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
serraomanoel
São Luís - Maranhão - Brasil, 57 anos
1502 textos (161938 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 21:35)
serraomanoel