Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Mulher Madura"

MATRIX
®Soaroir 5/11/07 – 12:45hs
p/Poesia on-line do Recanto das Letras


Domina o clã

À distância

Administra a filial

Sua especialidade,

Sinceridade...?

É a sua cara-de-pau.

Quando há deficit

Demite o gerente

Abraça sozinha a causa

Negocia os valores

Muda de aplicação

Pagos os micos e os juros

Em pró da emancipação

Dá-se ao luxo de bem dizer

Em rima e às vezes não,

Que mulher madura

Não é mais a menina

Nem a melanina!.

Aparece o buço,

Procrastina.

Ela sente os efeitos,

Revê seus direitos.

Cobra mais de si

Os malfeitos.

Perde emprego,

Adultera o apego;

Enfrenta a pausa,

Encontra sossego:

Degusta o gozo

Jovem e licoroso,

Bordeaux ou blanc

Mais gostoso.

Descartada a agrura,

Prefere a brandura;

Deleitea-se com a vida

A sempre mulher...

Agora madura.


Publicado em: Pote de Poesias
Soaroir
Enviado por Soaroir em 05/11/2007
Código do texto: T724342
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (©Soaroir Maria de Campos em "link para obra original" - "data de publicação no recanto"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Soaroir
São Paulo - São Paulo - Brasil
943 textos (56606 leituras)
5 áudios (986 audições)
16 e-livros (5141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 01:05)
Soaroir