Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mágica

Alcei o voo ainda trêmula
Como se fosse anátema
Com uns desejos drásticos
O corpo banhado de sal e lágrima
E o céu em cinza batalha elétrica
Caindo em tempestades enérgicas
De um domingo frio e estático
Da terra e suas areias lúdicas
No sono dos moribundos súditos
Elevando o pensamento ao cúmulo
Dos horizontes etéreos e mórbidos
No mais, era eu árvore grávida
De coloridos e doces frutos bárbaros
E um caule de raiz profunda, cálido
Descortinando véus e breus dramáticos
Da chuva encharcando o chão telúrico
Para ver na limpa água o meu reflexo
Deixar a vida ser, de novo, básica
E principiar em ser feliz
Apesar da marca rígida e fática
Fiz, assim, do caminhar um ato mágico.
JANET VITAL
Enviado por JANET VITAL em 04/05/2021
Código do texto: T7247951
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
JANET VITAL
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil, 53 anos
305 textos (6900 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/05/21 22:37)
JANET VITAL