Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Cirurgia II

A cirurgia revela minha fragilidade...
Abre-se minha intimidade e meu interior
e o doutor não vê a identidade
nem a alma escondida e nem a dor!
Ele enxerga um corpo doente
mas não vê a doença verdadeira
oculta no fundo da mente...
Uma parte de mim foi-se inteira
e não há mais salvador...
Adeus!
Morreram os sonhos meus...
Não é obstetrícia
e a despeito da perícia
é apenas um "parto sem dor..."
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 13/11/2007
Reeditado em 13/11/2007
Código do texto: T734977
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:53)
Poeteiro