Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOMOS RASOS E PROFUNDOS!!?



Rasos e profundos...

são os seres,

somos todos!

Vasos florais,

carnais,

sentimentais,

almas que pululam para

depois serem rasas ou

profundas!

Fundos,

abissais,

superficiais,

rasteiros,

rastejantes,

sobreviventes na cortina que

separa um espaço do outro...

de ser tudo ou de ser nada!

Somos rasos e

somos profundos!

Perfeitos jamais!

Se chorarmos,

se gritarmos,

se solitários estivermos for

definição de raso...

não podemos ser profundos...

Como ficam as lágrimas,

as vozes e

a nossa companhia eterna quando

estamos em reflexão?

São...

Gotas profundas num mundo raso,

são sons latentes no meio de seres ensurdecidos e

é a única certeza que podemos ter

da acompanhante certa, a nossa alma,

que irá viver conosco para sempre!

Profundidade rasa,

raramente rasos,

profundos quando ser raso incomoda e

raso quando ser profundo maltrata!

Escolhamos e sejamos

a melhor luva para aconchegar as nossas almas!

©Balsa Melo
28.07.06
Cabedelo - PB
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 13/11/2007
Código do texto: T736365
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87947 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 07:46)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)