Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

amarelinho




francisco escrevia para o seu filho
fortunato para sua filha
james joyce para sua amante
pero caminha para sua alteza, o rei de além mar
paulo de tarso para os imbecis

e a nudez do rei
não é diferente da dos imbecis

mas desnudar almas não é tarefa fácil
é necessário despir-se primeiro
e despir-se é mergulhar em água fria
ao fim de cada dia cair-se em si
e de dentro de si trazer-se inteiro
para, quem sabe, amar

linhas tortas para freud e jung
linhas mágicas para o filho de lung
linhas cruas para a filha de fortunato
sonhos, interatividade moral, fatos
ratos ao meio fio
ruas desertas na madrugada
aos arredores do amarelinho
e o rio é um lugar que faz o tempo voar
a bahia de guanabara da janela do hotel
a banheira amarelada do hotel
por onde escorre a alma
amarela
e o esgoto é aonde vão parar
as raspas de estrela, os restos de estrela
eu estava à espera
do mel da manhã a chegar
contaminando minha retina com belezas
que não são minhas
ou são

pais e filhos
família
amores
literatura
internet
chope gelado
e tudo bem carioca
e o mundo é carioca
rio: resumo do mundo
e o rio antigo é o cenário
de um aguardado cumprimento
um abraço em um novo amigo
um aperto de mãos com jeito de sim

sim para as crônicas do rio
sim para os enganos e acertos da vida
sim para os encantos e desencantos
sim para a alegria de estar vivo
sim para este lugar, que não é nada mal
sim para o desconhecido e bem vindo amanhã
sim para as nossas crianças
sim para todas as crianças que virão
sim para o novo mundo e seus novos submundos
sim para os carnavais da vida
e suas inevitáveis, e, às vezes, necessárias
quartas-feiras de cinzas
sim para as transmutações do amor
sim para as florestas
os mares, os rios
e as mulheres: ambos muito sofridos
cada vez mais desapropriados de si e nus
e nem toda nudez convém
só algumas.

sim para o filho de francisco
sim para a filha de fortunato
sim para todos os diários
abertos ou secretos
todos os dias na terra
todos eles :
dias, homens e mulheres famintos
merecem o sim.

Luciano Fortunato
Enviado por Luciano Fortunato em 19/11/2007
Código do texto: T743325
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Fortunato
Mendes - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
561 textos (80036 leituras)
20 áudios (432 audições)
15 e-livros (3284 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 00:00)
Luciano Fortunato