Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Procura maliciosa

Procura maliciosa

Catar agulha em palheiro?
É grande demonstração,
de habilidade e visão.
Mas também,
quem não pesquisa,
não encontra verificação.
Vale mais afadigar-se.
Porque quem procura!
Acaba por encontrar.
E actua por sua conta
Sendo o risco acautelado
Procurar por honrarias?
É uma função delicada.
Por vezes acaba em nada.
E vem-se de carão à banda.
Procurar o espelho
e interrogá-lo?
Qual a dama mais bonita
Que vive neste lugar?
Tal qual a madrasta da cinderela.
A tarefa é excitante.
Mas, se o espelho é beligerante.
Diz: que melhor bela há no lugar,
mas decerto não é ela.
E a dama acaba aos fanicos
E o pobre espelho?
Partidinho aos bocados.
Procurar um grande amor,
que sirva para seu senhor?
É empreitada exigente.
Porque em vez de um bom
marido.
Acaba em mau partido.
E deixa a esposa carente.
Arranjar emprego assentado.
É missão arriscada.
Porque em vez de emprego, aprontou
um trabalhão danado.
Fazer filho em mulher alheia?
Não se aconselha a ninguém.
Alem de ser coisa feia.
Perde seu filho para outrem.
E agora para acabar .
Esta procura maliciosa.
Vale mais ir procurar.
Quem te ofereça uma rosa
De t,ta







Tetita
Enviado por Tetita em 21/11/2007
Código do texto: T745747

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (81098 leituras)
65 e-livros (5632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 03:47)
Tetita