Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não a proibição...Sim a vida!



Por que a vida é proibição.
Obedientemente...
Muda, cega, surda permaneci...
Quase que eternamente.

Veio uma fada madrinha
E meus grilhões quebrou.
Disse-me para ir bem de mansinho
E meu coração alimentou...

Pôs esperança, cores, flores..
Novos amores...
Deu-me ordem de voar sozinha...

Deu-me coragem...
Deu-me olhos pra ver...
Mão pra tocar...
Boca pra beijar...

Deu-me uma visão do paraíso
Mostrou-me tudo...
Isso... Aquilo...

Fui mudando...
Ficando esperta...
Às proibições...
Fui ficando alerta!

Escolhi o que queria
Escolhi o que bem me fazia
Fiquei com o amor...
A leveza, o esplendor.

Deixei de lado
Medos, carrancas, dedo em riste!
Quero só alegria!
Pra que ficar triste?
cleia
Enviado por cleia em 24/11/2007
Código do texto: T750763
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
cleia
Itupeva - São Paulo - Brasil, 62 anos
529 textos (33299 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 05:17)
cleia