Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mania de Poesia

Foi Fernando na Pessoa do Álvaro
Foi Vininha, com a licença do poetinha
Foi Adélia doida e bela
Que provocaram em mim essa mania
De buscar palavras e perseguir rimas
Abrir minha alma e decifrar minhas cismas
Tentar poetar como se poeta fosse
Jogar ao vento meus sentimentos
Ligar o som dos meus pensamentos
Mesmo que ninguém os ouça

Foi melodia do Tom na canção do Chico
Foi Toquinho na voz e violão
Que despertaram em mim essa vontade
De aspirar cada emoção
Remexer meu coração
Soltar meus laços e libertar meus versos
Sedentos em busca da poesia
Em cada canto escondida
Disfarçada em teimosia
Prá quem achar e dar guarida
Cristina Nunes
Enviado por Cristina Nunes em 23/11/2005
Código do texto: T75122


Comentários

Sobre a autora
Cristina Nunes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 62 anos
421 textos (33590 leituras)
9 áudios (1010 audições)
2 e-livros (97 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/20 07:47)
Cristina Nunes