Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PELO RECOMEÇO

Apesar de quem sou e da história que arrasto,
das feridas expostas e o cheiro de abismo,
do sentido que nada parece fazer
quando chego e confesso buscar sentimento...
Trago boas verdades em sonhos imersas,
esperanças que arranco nem sei de que chão,
para ver se consigo modesta barganha
com quem valha o que sobra do quanto perdi...
Minha entrega seria uma prece contrita,
um louvor irrestrito, profunda oblação,
como grita o silêncio exigindo que faça...
Vou à caça de alguma emoção desarmada,
porque sei que só posso começar de novo
desse nada que nada parece apontar...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 26/11/2007
Código do texto: T753912
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3149 textos (63174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 10:24)
Demétrio Sena