Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Disturbio

De que adianta amar tanto assim,
se nessa vida, sou fadado a sonhar.
Viver solitário, só você em mim,
minha vida em teus braços,  doar.

Já não tem mais dia nem hora,
a qualquer momento pode surgir.
Você me enlouquece, me devora,
e a minha´lma vem possuir.

Sou apenas você em mim,
nada mais eu queria ser.
Metade, esperando um fim.
Meu sonho, um dia lhe ter.

Mas como, se em mim vive só,
esse amor viverá solidão.
Encontraras em meu peito, pó,
onde um dia houveras paixão.
Tecendo Arte
Enviado por Tecendo Arte em 29/11/2007
Código do texto: T757561

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tecendo Arte
São Paulo - São Paulo - Brasil
19 textos (111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 20:59)
Tecendo Arte