Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

/ criança da encruzilhada



       / exatamente como uma criança / ... / agora / meus quadros / não os pinto mais / caindo em depressão? / crianças ficam deprimidas? / é que descobri / que nada sei sobre a vida / e sobre o amor / e sobre o que é ser criança / sobre ser homem / eu / que já tanto falei sobre homens e meninos / estou no cruzamento do nada sei / e sei que há muita confusão / aqui / em mim / em mim me abandono / não é fácil ser biólogo e sapo ao mesmo tempo / e não é fácil ser homem / ou criança / simplesmente nada é fácil / ser marido / ser pai / ser solteiro / ser luciano / ser tudo o que sou e fui / tudo o que o mundo fez de mim / e o fez dolorido / sem piedade / sem lubrificante / água nos olhos / areia nos olhos / criança nos olhos / criança na curiosidade / na dúvida / na estupefação / no susto / na riqueza do susto / que encanta e estupra / o susto nunca pede permissão / pode ser um vestido vermelho / e pode ser rosto branco de mulher / e pode ser flor / e pode ser dinamite explodindo / não é pessimismo não / mas essa noite deverá ser uma merda / será que todos os que pensam têm essas noites doídas? / encurraladas / claustrofóbicas / o que a t.v. e os livros poderão fazer por mim? / eu / este andróide / este homem paralelo / este cabeça quadrada / minha cabeça está quadrada / e é agora / hora de chorar.
Luciano Fortunato
Enviado por Luciano Fortunato em 01/12/2007
Reeditado em 01/12/2007
Código do texto: T760316
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Fortunato
Mendes - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
561 textos (80036 leituras)
20 áudios (432 audições)
15 e-livros (3284 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 01:46)
Luciano Fortunato