Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOMO SAPIENS

Sapiência
Sem a lei da obediência

ciência
que traz a síndrome
da decadência.

Na desordem
Se ordena
Dono de si mesmo.

E a mente lateja
Já não mais pensa
Rasteja.

Sapo que não dá seus pulos
Escondido atrás dos muros,
Embrião da mesmice,
Exala tolice.

Cria do ventre do poder
Tem a vida baseada em fatos reais
Querer ser, sem fazer
elos do acontecer.
Devia era nascer com novos ideais.

Homo sapiens,
Mas com cabeça de bagre
seus membros tão dessecados
seu cérebro estagnado.

Seu fim é uma pedrada
Bem dada pelo estilingue do sistema.








Rommyr Fonttoura
Enviado por Rommyr Fonttoura em 01/12/2007
Reeditado em 01/12/2007
Código do texto: T760447
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rommyr Fonttoura
Mariana - Minas Gerais - Brasil
265 textos (9911 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 13:04)
Rommyr Fonttoura