Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passando

Passaram milhares de montanhas,
Ainda carne-osso,
Incompatibilidade com o espiritu,
Não se aderem, não se querem;
Nascem cabelos e unhas, gramas e dias;
Ainda o que não vejo sangra no peito
Vejo as veias, a matéria sem dor.

Passaram milhares de montanhas pelas pupilas;
Está nascendo o sol e com ele: cabelos, gramas,
Flores e unhas, (ainda junto o sentimento).

Misericórdia, o corpo persiste
A alma assiste
A mão pede, se estende,
O amor não entende,
A dor madruga.
langelle
Enviado por langelle em 01/12/2007
Código do texto: T761174

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
langelle
Santa Maria - Rio Grande do Sul - Brasil, 40 anos
44 textos (610 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 05:10)
langelle