Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA NÃO ME ESQUECER

Oculto o vermelho do sangue
que jorra de minhas veias
só a mim machuca,
os pensares,
que borbulham
só em mim,
fervilham,
eu engulo,
para não verbalizar
e incomodar a outrem.
Mas tudo existe.
Ou inexiste?
Brota a cada
rebento de segundo.
Ferve. Me alucina.
E eu escrevo para não enlouquecer.
Para não me esquecer.
Edilmar Amaral
Enviado por Edilmar Amaral em 02/12/2007
Código do texto: T761501

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edilmar Amaral
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
326 textos (4362 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 02:44)
Edilmar Amaral