Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palavras

Ah frágeis palavras!
Tão frágeis que se espalham
com o vento.

Tão desnecessárias
palavras
ao consumirem o tempo.

Precioso tempo
de estar em teus braços
e a provar dos teus beijos.

Mas vêem estas palavras
para encher o tempo
que era para te amar.

Tolas palavras
pontiagudas como setas
prontas para machucar.

Vou deixá-las ao relento
inúteis palavras
e trazê-lo pela mão
meu doce...

Cobrir tua boca com a minha,
findar esse suplício
e calar estas palavras
que teimam em me acusar.

Equivocadas palavras...

que não sabem olhar nos meus olhos,
que não sabem ouvir meu coração,
que não sabem tocar o meu corpo,
que não lêem meus pensamentos,
que não vêem
o quanto em meus sonhos te chamo.
Não sabem...

não sabem o quanto eu te amo.
Carmem L Marcos
Enviado por Carmem L Marcos em 02/12/2007
Reeditado em 09/02/2012
Código do texto: T761954
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar: autoria de Maria Eugênia - www.mariaeugenia.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Carmem L Marcos
São João da Boa Vista - São Paulo - Brasil
104 textos (14843 leituras)
38 áudios (1028 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 10:14)
Carmem L Marcos

Site do Escritor