Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
MUNDOS ABANDONADOS... O MEU!...O SEU!
**********


São sombras!


Sobras!


Excessos!


Ausências!


Insistente presença de lembrança incoveniente!


Relíquias que nada valem!


Poeiras acumuladas no escaninho do peito!


Coração em risco!


Anúncios de coisas vencidas,


mas sentimentos não vencem...


se cansam e,


por isso,


são desprezíveis!


São cordas de instrumento desafinado!...


Apenas barulho fazem!


São cacos que cortam!


São restos em rostos desolados,


cada um em seu canto com um profundo desencanto!...


Desencontro!


Choros sofridos!


Hauridos da alma!


Amores desamados!


Desamores amados!


Sofrimentos ímpares por não existir um par...


de gente!


Felicidade presumida!


Resumida ao pó do pranto!


Jardins sem flores e sem rosas!


Espinhos que maltratam até os olhos!


Pétalas rasgadas!


Fogo esvurmando o peito...


feridas que não cicatrizam com a triste realidade!...


Abandonados mundos...


o meu!...o seu!


©Balsa Melo

05.01.07

Paraíba


BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Enviado por BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO) em 03/12/2007
Código do texto: T763335
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
3010 textos (87935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 03:06)
BALSA MELO (POETA DA SOLIDÃO)