Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coisas e loisas



Ah! As coisas que eu sei!
Mas, não as conto a ninguém!
São histórias, muito antigas...
Outras, recentes.
Todas de gente!
Que, depois de eu as ouvir, pergunto:
São mesmo de gente?
Pois!..e é que são mesmo de gente!
Que se julgam,
Convém dizer!
Gente.
Nos meus olhos!.. já não há censura!
Nem sequer, admiração!
Há gente em diversas latitudes .
Com várias atitudes.
Com vários conceitos, e preceitos.
E preconceitos.
Gente.
Que se julgam..
Convém dizer.
Gente.
Mas não o são.!
Ou são?
São apenas,
entes poluentes.
Que pululam, saltitando à nossa frente.
Até me dá raiva!...
Eu, que também sou gente.
Ah! Mas é a isso que  chamam gente?
Continuo, sem saber, o que é gente.
Também, nem pergunto a ninguém.!
Olhavam-me com desdém!-..
E até, me chamavam maluquinha!...
É que, essa gente, é muito convencida!...
Ah! As coisas que eu sei!
E não digo a ninguém.
Dessa gente, que é o que dizem ser!
Gente?
Contava-as a minha mãe!
E, se calhar, havia outros,
que contavam como nós também.
Eram muitas as histórias! …
Verdadeiras …inteiras.
Será? que havia fantasia, no meio da cavaqueira?
E, eu escutava atentamente,
o que ouvia ....
ah.. mas então , e o que eu via?
o que se passava à minha frente?
à minha volta,,,tudo com gente.
Mas, não conto a ninguém...
Umas vezes, tremia de medo.
Outras, de contente.
De umas? ria às gargalhadas. 
E de outras? 
ficava amuada e até chorava.
Histórias de tempos passados;
e outras muito recentes.
de ontem , de hoje.....
Todas de gente.
Ah! Mas eu juro,
que um dia conto tudo.
Nada fica para dizer …
Ando cá com uma vontade de falar!
Eu digo? que não conto a ninguém. 
Mas quero contar.
Também, não deixei a palavra empenhada.
A!....mas as coisas que eu seiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!
e, que ainda não contei.
Mas conto.

De t,ta
04-12-07
1:01

Tetita
Enviado por Tetita em 04/12/2007
Reeditado em 04/12/2007
Código do texto: T764013

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (81062 leituras)
65 e-livros (5632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 06:26)
Tetita