Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AINDA VIVER

A pele do velho insere trilhas,
Caminhos sem volta
Mas para que voltar ?

A terra que brotava vida,
Hoje um longo passatempo
Uma espera demorada.

Ainda viver,
Sem lembrar do tempo sem volta.
É dar um nó em si mesmo.

A voz incessante é intrigante
Nem o gigante do modernismo
Trouxe a lapidação do passado.

Um vulto na rebeldia
Que esquece os dias antigos,
como uma garganta que não mais exala a voz.

A memória dos antepassados
Para muitos ultrapassados.

O velho ensina
A velha sina.
Ainda viver.





Rommyr Fonttoura
Enviado por Rommyr Fonttoura em 06/12/2007
Código do texto: T766981
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rommyr Fonttoura
Mariana - Minas Gerais - Brasil
265 textos (9913 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 19:51)
Rommyr Fonttoura