Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flores

Quantas vezes já disse que não pensaria mais em você?
E mesmo assim me pego desejando te ver
Torcendo pra que estejas mais bela e mais amável
Porem este teu defeito é irremediável
Esta sua mania de errar, de não saber se entregar, esse teu medo de não sei o que!
Me faz gritar! Adorar e odiar você
Te defender e te atacar
Te caluniar em mim mesmo é uma forma de te esquecer
Eu sei que consigo mais meu inconsciente parece não querer
E explico a ele que você não representa nada
É apenas uma flor que deve ser meu peito arrancada
Há mil flores que poderiam embelezar este jardim
Iluminando a ele e alegrando a mim
Mais eu não consigo amar à um jardim,
Eu só quero uma flor que merece ser adorada por mim
Uma flor que seja pura
Uma flor que traga a cura
Pra esta minha mania de entre teus espinhos me ferir
E depois de sangrar-me vir a sorrir
Quando a noite chega me ponho a pensar
E vejo que devo encarar
Que as flores não são para amar
Somente para possuir e usar
Pois se você as ama elas te ferem
E se você as usa elas te querem
Black Poeta
Enviado por Black Poeta em 06/12/2007
Código do texto: T767028
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Black Poeta
Itabuna - Bahia - Brasil, 28 anos
20 textos (361 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 00:24)
Black Poeta