Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De tanto querer

Quero-te
como jamais
quiz a mim mesma.
Sonho-te inteiro e sempre e meu.
Espero-te
como quem espera a si mesma.
E vago a madrugada fria,
a envolver-me como a um anjo ateu.
Quero-te
na incômoda surdez dos meus dias,
onde o silêncio tem sido
meu açoite e meu algoz.
E a lua fria, distante,
companheira minha,
deixando clara a madrugada fria,
clareando o solo a esperar por nós.
Aninha viola
Enviado por Aninha viola em 07/12/2007
Reeditado em 17/12/2007
Código do texto: T768553
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aninha viola
Mariana - Minas Gerais - Brasil, 52 anos
424 textos (50878 leituras)
13 áudios (6931 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 13:38)
Aninha viola