Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sublime descoberta

Andava eu, desolada
E a tristeza era tanta
Que quanto mais eu chorava
Mais me oprimia a garganta

De repente ali sozinha
Vi-me frente ao Criador
Senti uma esperançazinha
Envolver-me com calor...

E fui assim surpreendida
... Meu peito se aliviou!
Fez uma prece sentida
E aos poucos se acalmou...

E Deus me fez companhia
Cuidando de meu coração
Senti-me tão envolvida
Que chorei de gratidão!
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 24/03/2005
Código do texto: T7713
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 67 anos
1294 textos (224714 leituras)
1 e-livros (151 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/18 07:38)
Priscila de Loureiro Coelho