Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ODISSÉIA DO AMOR

Autora: Regilene Rodrigues Neves

Em mistérios envolvo-me...
Declaro a ti m’alma
Que se mostra na magia plena da sensualidade
Percorre meu corpo
Meus sonhos...
Nossas fantasias se misturam
Teus olhos penetram-me sugando
Aventuras pelo meu ser...

A paixão
É alucinante
Somos entregues
O coração é desarraigado instrumento
Do amor
Que me abraça nessa fascinação
De um corpo mulher!

A liberdade provoca-me e alcanço
O desconhecido universo do meu ser
Uma felina mulher nasce em mim
Seduzida pelo momento do amor
Só sei amar...Só sei amar...Só sei amar...
E por amor persigo este infinito caminho
De m’alma...

Que em uma fotografia
Recolhe-se em dimensões etéreas
Para o amor
O encantamento dança a minha volta
Dou vida nessa imagem que se insinua
Para alcançar-te
Querer compreender essa relação
De estranho poder
Que me traga em ventos e velas
Na brisa da noite...

Todo desejo é sentido
Todo pudor é destemido
No seguimento deste sentimento
Que se alimenta de ti
Para amar...

Esse amor que é assim inconseqüente
Sem fronteiras
Invade o universo
Brinca com as estrelas
Sorri risos de menina faceira
Moleca sapeca feiticeira
Por vezes forte mulher
Que explode no peito toda odisséia
Que a fez errante desse sentimento
AMOR!

Criado em 02/05/2004








regipoeta
Enviado por regipoeta em 29/11/2005
Código do texto: T78574


Comentários

Sobre a autora
regipoeta
Goiânia - Goiás - Brasil, 57 anos
1454 textos (153249 leituras)
22 e-livros (7197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/02/20 01:13)
regipoeta