Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A PALAVRA SE CALA

A palavra se cala
A Palavra cala
abstrata, nula
não se expande...
e eu aqui a analisa-la
e a Palavra se cala
Estico-a, absorvo-a
por ela perco minha fala
e a Palavra se cala
Insensata, mundana
soberana
tento eu decifra-la
ea Palavra se cala
Olho, analiso
Praguejo e bendizo
tento orienta-la
e a Palavra se cala
Esqueço- a, abandono
e deixo ela para o nada
e a Palavra se cala

GILSON COSTA 09/2007  
Negro arcanjo
Enviado por Negro arcanjo em 20/12/2007
Código do texto: T785971

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Negro arcanjo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
95 textos (6639 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/06/19 05:57)
Negro arcanjo