Menina Guerreira

Menina Guerreira

Marcia Prata

Olho para trás,

descubro que tornei- me uma mulher,

venci barreiras, derrubei obstáculos,

sofri discriminações,

mas nada me deteve,

aqui estou eu,

forte como uma rocha,

com a sensibilidade bem mais aflorada, é verdade

mas se essa foi a maneira que tive de amadurecer,

valeu a pena,sofrer,

fez e faz parte do crescimento de qualquer ser humano,

uns muito, outros nem tanto,

espero daqui a algum tempo, ter ao meu lado,

uma pessoa que eu ame e que me ame,

que me faça a mais feliz das criaturas,

que faça por merecer o coração da Guerreira,

que já derrotou muitos "Monstros" durante esses 25 anos e,

não tem medo das surpresas da vida

feita em 11 de março de 2003

Marcia Prata
Enviado por Marcia Prata em 25/03/2005
Reeditado em 09/11/2006
Código do texto: T7903