Caminho

Si meu caminho

Despreocupado.

Sigo andando

Sem onde ir.

Me perco

Em pensamentos

Que ainda atormentam

Com suas sombras.

Vou seguindo

Por verdes vales

Com seus misteriosos

Sons noturnos.

Tráfego por ruas

Na madrugada

Buscando seus olhos.

Tormento apaixonado.

Continuo nessa longa

E incerta jornada

Como um viajante

Sem rumo.

carlos anhaia
Enviado por carlos anhaia em 10/07/2024
Código do texto: T8103923
Classificação de conteúdo: seguro