Palavras profundas e fascinantes

Eu tenho o hábito de ficar relendo

um poema de minha autoria,

intitulado "Léxico magnífico",

porque, nele, menciono algumas palavras

existentes no vocabulário da língua portuguesa,

como "sentimento", "lembrança", "sonho",

"pedra", "céu", "folha",

"espelho", "janela", "chave"…

— e tantas palavras profundas e fascinantes,

que constroem belas poesias

feito flores perfumadas e doces

ou bombas fedegosas e amargas.

Danilo Mascarenhas Bittencourt
Enviado por Danilo Mascarenhas Bittencourt em 10/07/2024
Código do texto: T8103928
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2024. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.