Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

o crânio de cristal



Itzamná,*
Seres do outro mundo,
sombras das palavras do corpo,
vibrem neste acorde de arte,
o meu crânio soterrado aberto,
derrama sangue de cristal,
o quartzo do verbo,

a Voz quente.

* deus Maya
Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 23/01/2008
Código do texto: T830118
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3850 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 11:37)
Constantino Mendes Alves