Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O TEMPO É AGORA



 

 

De lançarmos as armas ao esquecimento

 

Levantarmos a Bandeira Branca da Paz

 

Unirmos cada dia mais

em amor incondicional.

 

Deixar o egoíco de lado

e começar a perceber o outro que caminha ao nosso lado.

 

Observar as crianças perdidas no caos da vida,

nas sarjetas, dormindo ao relento

alimentando de  drogas para saciarem tua fome

e serem os futuros   da violência que assola cada dia mais o mundo.

 

É chegada a hora da maior luta do bem contra o mal

e isso depende apenas do homem e de sua consciência.

 

De romper os falsos dogmas que sempre destruíram

e ajudaram a chegarmos onde chegamos

pelo poderio e ganância em nome de D'us

as matanças e todos os tipos de violências

que até hoje predominam nessa falsa sociedade

de mestres do amor

que nada mais são aqueles que nunca entenderam

as verdadeiras palavras

de um pobre homem que só dizia de amor e paz

e que o mundo o mutilou.

 

É hora chegada do amor vencer o ódio

A luz as trevas

e todos caminharem para a Unicidade

 

De onde viemos e um dia partiremos,

mas que sejam de mãos unidas

amando a todos como a ti mesmo

e principalmente amando-se em totalidade

 

Pois tudo parte dessa primicia,

pois aquele que não se ama

não é capaz de entender esse mundo

e nem o irmão que caminha ao teu lado

 

Ainda há tempo

que cada um possa acordar do seu sono da morte aparente

para elevarmos esse planeta

onde o sol irá brilhar para todos

e em uníssonos

gritarmos:

 

Hoje somos

Amor

e

Luz.

 

Namastê

zelisa Camargo

 

ZEL
Enviado por ZEL em 25/12/2004
Código do texto: T919

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 74 anos
311 textos (34250 leituras)
8 e-livros (808 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/09/21 17:28)
ZEL