Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

5 da madrugada



5 da madrugada,

há um nenúfar que tenta perfurar a água da madrugada,

não encontra ainda a luz,

é só vontade da manhã,

a água, na seu estado eterno desliza no murmúrio

da matriz.

É neste Acto que me rompo de palavras

e procuro o extremo sonho do céu.

Não há maior equilibrio Matemático,

embora ainda não se tenha encontrado a equação.


Constantino Mendes Alves
Enviado por Constantino Mendes Alves em 18/04/2008
Código do texto: T950901
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Constantino Mendes Alves
Portugal
324 textos (3846 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 02:52)
Constantino Mendes Alves