Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Mandado de busca e apreensão contra a Poesia

Procurem nos seguintes locais:

No calo dos dedos dos músicos,
No quadro negro das escolas,
No fascínio quântico dos físicos,
Na placa do cego que esmola.

Procurem nos diários e discos rígidos,
Nos papiros, nas lápides dos túmulos,
Nas paredes dos banheiros públicos,
Nas gavetas e nos grafites dos muros.

Procurem nas pedras das cavernas,
Nos evangelhos apócrifos e escrituras,
Nos templos, conventos e tabernas,
Nas democracias e nas ditaduras

Procurem nas celas e nos parreirais,
Nos campos de girassóis maduros,
Nos tercetos modernos e haicais,
No passado, presente e no futuro.

Procurem nos álbuns de fotografias,
Nos bares, museus, sebos e alcorões,
E por último, revirem todas as livrarias,
Costumam escondê-la nos porões.
Marilda Confortin
Enviado por Marilda Confortin em 17/05/2008
Código do texto: T993441

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite nome de autor e link para www.marildaconfortin.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marilda Confortin
Curitiba - Paraná - Brasil
85 textos (14908 leituras)
8 áudios (2975 audições)
3 e-livros (154 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 23:45)
Marilda Confortin