Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
RENDEIRA
Nadir A D'Onofrio


Dedos ágeis da rendeira
Tecem a renda de bilro
Cruzam linhas e cores
Nos alfinetes o destino...
Dedos calejados
Cansativa labuta
Deixa vagar pensamentos
Mocidade e seus momentos...

À sombra da choupana
Tem o mar como cenário
Olhar triste e perdido
Desesperança surgindo...
Onde estará seu amor?
O Raimundo pescador
Exímio jangadeiro...
A noite passou
O dia clareou
A tarde findou
E ele não regressou...

20/05/2006
Santos SP 16:40

Respeite Direitos Autorais


 
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 22/05/2006
Reeditado em 19/08/2018
Código do texto: T160972
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Serra Negra - São Paulo - Brasil
944 textos (98582 leituras)
147 áudios (13463 audições)
18 e-livros (4391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/18 05:39)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor