Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A brisa leve da manhã

Quando teus pés tocarem o chão

A brisa leve da manhã incide

A boca tece um murmúrio seco

Intocável ser diáfano/um mundo

Do púlpito um eco profundo

Há vida nessas paredes frias

Trespassa a carne/epiderme

O vento sopra a vida pela janela

A lágrima rola e seca ao sol...





Rogério José de Paula
Enviado por Rogério José de Paula em 29/05/2009
Código do texto: T1620746


Comentários

Sobre o autor
Rogério José de Paula
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
157 textos (5814 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 22:52)
Rogério José de Paula